fbpx

Nosso trabalho não pode parar

Faça uma doação

AJUDA PARA UMA
ESPÉCIE ÓRFÃ

Uma grande lacuna de conhecimento na distribuição e no status populacional do chauá (Amazona rhodocorytha) foi identificada, dificultando a elaboração de estratégias de conservação.

AJUDA PARA UMA
ESPÉCIE ÓRFÃ

Uma grande lacuna de conhecimento na distribuição e no status populacional do chauá (Amazona rhodocorytha) foi identificada, dificultando a elaboração de estratégias de conservação.

Então, o Parque das Aves financiou expedições iniciais do Projeto e, desde então, tornou-se coexecutor juntamente com a Fundação Neotrópica do Brasil. Uma vez estabelecido, o Projeto pôde receber o financiamento da Fundação Grupo Boticário de Proteção a Natureza, e hoje é financiado e executado pelo Parque das Aves.

O Projeto tem mapeado a ocorrência e ameaças à espécie em diversos municípios nos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais desde 2016.

Um ponto focal para trabalho de conservação da espécie é a comunidade de Águas Formosas, em Minas Gerais, onde o Projeto conduz levantamento de ninhos e de tráfico, e trabalha com a comunidade local para proteger a espécie.

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional

 

Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Open chat

Nosso trabalho não pode parar.

Somos a única instituição do mundo focada no resgate, abrigo e conservação das aves da Mata Atlântica.

O Parque das Aves é privado e se mantém com o valor arrecadado dos ingressos, restaurante e loja. E devido à pandemia do Covid-19, essa fonte de renda está suspensa.

Seguimos cuidando das mais de 1.300 aves que vivem aqui, continuamos recebendo e tratando animais resgatados do tráfico e não podemos parar os projetos de conservação de espécies ameaçadas de extinção.

Ajude a manter vivo esse trabalho.