NUTRIÇÃO

O sucesso dos programas de conservação também está diretamente relacionado a uma alimentação correta. Aves bem nutridas têm maior imunidade e resistência a doenças e maiores índices reprodutivos, aumentando assim as chances de perpetuação da espécie. O fornecimento de uma dieta balanceada é fator preponderante para aumento da saúde geral, crescimento saudável, sucesso reprodutivo e longevidade das aves. Para atingirmos estes objetivos temos no Parque das Aves a Divisão de Nutrição Animal, a qual compete a elaboração e controle de qualidade das dietas.

NUTRIÇÃO

O sucesso dos programas de conservação também está diretamente relacionado a uma alimentação correta. Aves bem nutridas têm maior imunidade e resistência a doenças e maiores índices reprodutivos, aumentando assim as chances de perpetuação da espécie. O fornecimento de uma dieta balanceada é fator preponderante para aumento da saúde geral, crescimento saudável, sucesso reprodutivo e longevidade das aves. Para atingirmos estes objetivos temos no Parque das Aves a Divisão de Nutrição Animal, a qual compete a elaboração e controle de qualidade das dietas.

Um zootecnista coordena as atividades ali desenvolvidas, além de formular e balancear as dietas, realizando estudos sistemáticos da necessidade nutricional, hábitos alimentares e composição química dos itens consumidos na natureza. Esse planejamento dietético diário depende das particularidades fisiológicas dos animais, das demandas climáticas, de eventuais tratamento veterinário entre outras questões. Uma vez efetuado os cálculos das dietas, as fichas nutricionais são elaboradas e então encaminhadas para os preparadores de alimentos.

A Divisão de Nutrição possui sete colaboradores, dedicados às atividades de manipulação de alimentos (recebimento, armazenamento, preparo e distribuição). Essa equipe é responsável pela elaboração diária de aproximadamente 3 mil refeições para os mais variados hábitos alimentares. O consumo anual de rações é de 40 toneladas e mais 60 toneladas de vegetais, carnes e suplementos variados. Possuímos um biotério para oferta de alimento de qualidade para os carnívoros, com uma produção anual de 2 toneladas de presas (roedores, coelhos e insetos) em uma estrutura física que atende requisitos de conforto, mantendo bons níveis de saúde, nutrição, controle genealógico e, consequentemente, não comprometendo os índices produtivos.

Nossas ofertas de presas priorizam critérios de bem-estar animal, incluindo o oferecimento de itens de enriquecimento ambiental a estes animais, bem como o abate humanitário dos vertebrados antes do seu fornecimento. A Divisão de Nutrição instituiu um Programa de Nutrição Animal e Segurança Alimentar no qual são seguidos rigidamente normas de boas práticas de manipulação, procedimentos e segurança alimentar estabelecendo um processo de controle nutricional e de produção de dietas inócuas. Tal programa favorece o cumprimento das determinações presentes nas legislações referentes à alimentação animal, no mais, garante a segurança do ponto de vista higiênico e sanitário nos alimentos oferecidos aos animais sob nossos cuidados.

 

 

 

 

 

(Foto: Octavio Campos Salles)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Foto: Octavio Campos Salles)

 

 

 

 

 

Um grande número de espécies de aves existentes no plantel do Parque das Aves consomem in situ uma variedade de frutos nativos e muitas dessa aves têm sido identificadas como polinizadoras e dispersoras de sementes. Levando isso em conta, a Divisão de Nutrição Animal criou um, com bases científicas, catálogo de Espécies Frutíferas Ornitófilas Nativas da Mata Atlântica do Paraná. Esse documento apresenta informações como nome científico e comum dessas plantas, quais espécies de aves são atraídas por elas, o conteúdo nutritivo dos frutos, quais partes são consumidas (néctar, pólen, fruto, sementes, pétalas, folhas) e períodos de frutificação (sazonalidade).

O objetivo principal é termos um banco de espécies vegetais frutíferas nativas para plantio local (utilizando princípios agroecológicos de cultivo) que nos permita disponibilizar o ano inteiro frutos nativos específicos para as espécies sobre o nosso cuidado, contribuindo não só para uma nutrição mais natural com alimentos de alto valor nutritivo, mas também colaborando na conservação dessas espécies botânicas nativas da Mata Atlântica.

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional

 

Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por