fbpx

Nosso trabalho não pode parar

Faça uma doação

REABILITAÇÃO DE AVES PARA PROJETOS DE REINTRODUÇÃO

Ficamos à disposição para receber, avaliar e reabilitar aves a serem destinadas a projetos de reintrodução, como também capacitar profissionais na área. Por favor, entre em contato com diretoriatec[email protected]

Saiba mais sobre o nosso trabalho em abrigo e recuperação.

REABILITAÇÃO DE AVES PARA PROJETOS DE REINTRODUÇÃO

Ficamos à disposição para receber, avaliar e reabilitar aves a serem destinadas a projetos de reintrodução, como também capacitar profissionais na área. Por favor, entre em contato com [email protected]

Saiba mais sobre o nosso trabalho em abrigo e recuperação.

Case: Espaço Silvestre e a reintrodução de papagaios-de-peito-roxo

O papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea) ocorre no Brasil, Paraguai e norte da Argentina. No Brasil é encontrado do sul da Bahia e norte de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Registros recentes na Argentina citam a região centro-oeste de Missiones e uma população isolada em Campo Viera. No Paraguai, é citada nas Unidades da Federação de Canideyú, Alto Paraná e Caaguazú.

Desde 2009, este papagaio é classificado como Em Perigo (EN) de extinção pela UICN e apresenta uma tendência de declínio populacional segundo a mesma fonte. Apesar da espécie apresentar uma ampla distribuição geográfica, seu tamanho populacional no Brasil ainda não é totalmente conhecido, e estima-se não passar de 8.000 animais.

 

 

 

 

 

O Projeto de Reintrodução do Papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias foi estabelecido em 2010 pelo Instituto Espaço Silvestre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Projeto de Reintrodução do Papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias foi estabelecido em 2010 pelo Instituto Espaço Silvestre.

 

 

 

 

 

O Projeto de Reintrodução do Papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias foi estabelecido em 2010 pelo Instituto Espaço Silvestre. Esta ação conta até o momento com a reintrodução de 153 papagaios no local, sendo 13 em 2001, 30 em 2012, 33 em 2015, 7 em 2016, 30 em 2017 e 40 em 2018. No ano de 2017, o Parque das Aves enviou animais da sua população para serem reintroduzidos no local. Ao chegar ali, os animais passam por um treinamento comportamental que os prepara para o processo de soltura branda ao qual serão apresentados. O Parque das Aves também contribui com o apoio financeiro para a construção de caixas ninho, que oferecem a esta e outras espécies uma maior oportunidade de local para nidificar na região, bem como com o fornecimento de câmeras trap, essenciais ao monitoramento pós-soltura.

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional

 

Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Nosso trabalho não pode parar.

Somos a única instituição do mundo focada no resgate, abrigo e conservação das aves da Mata Atlântica.

O Parque das Aves é privado e se mantém com o valor arrecadado dos ingressos, restaurante e loja. E devido à pandemia do Covid-19, essa fonte de renda está suspensa.

Seguimos cuidando das mais de 1.300 aves que vivem aqui, continuamos recebendo e tratando animais resgatados do tráfico e não podemos parar os projetos de conservação de espécies ameaçadas de extinção.

Ajude a manter vivo esse trabalho.