PAPAGAIO-VERDADEIRO

O papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva) é a espécie mais capturada na natureza para abastecer o comércio ilegal de animais de estimação, dentro e fora do Brasil.

PAPAGAIO-VERDADEIRO

O papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva) é a espécie mais capturada na natureza para abastecer o comércio ilegal de animais de estimação, dentro e fora do Brasil.

 

Projeto Papagaio-verdadeiro

 

Um projeto de pesquisa e conservação para o mais traficado papagaio do Brasil

 

Embora ainda não esteja oficialmente ameaçado de extinção, caminha para isso se a captura de filhotes, associada à perda de habitat, continuar crescendo. Só no Mato Grosso do Sul já foram apreendidos pela fiscalização cerca de 10 mil filhotes (dados do CRAS/IMASUL), desde 1988. Entretanto, sabemos que esse número é muito maior, pois muitos são vendidos sem que fiquemos sabendo, enquanto outros morrem na captura e no transporte realizados pelos traficantes.

Em 1997, com o apoio financeiro do Parque das Aves, a Dra. Gláucia Seixas iniciou o Projeto Papagaio-verdadeiro, com o objetivo de gerar informações sobre a biologia e a ecologia dessa ave, auxiliando na tomada de decisões para a conservação da espécie e dos ambientes onde vive, além de mobilizar as pessoas contra o tráfico dos papagaios.

 

 

 

 

 

 

 

Cerca de 85% dos ninhos monitorados pelo Projeto na região da Bacia do Rio Paraná tiveram filhotes capturados.

(Foto: Victor Moriyama)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cerca de 85% dos ninhos monitorados pelo Projeto na região da Bacia do Rio Paraná tiveram filhotes capturados.

(Foto: Victor Moriyama)

 

 

 

 

 

 

 

O trabalho envolve pesquisa científica, com ações que visam identificar a situação da espécie em ambiente natural, bem como conhecer os elementos biológicos necessários para seu manejo e conservação, além da sensibilização das comunidades, com ações de divulgação dos resultados para estimular uma reflexão quanto à necessidade de conservação da natureza. O Projeto também atua no mapeamento do tráfico de papagaios-verdadeiros no Brasil, visando propor novas políticas públicas para a conservação da espécie e ações de geração de renda que contribuam para mudar o cenário atual de pressão sobre a espécie.

Nos últimos anos, além do Pantanal sul-mato- grossense, o Projeto expandiu suas ações para a Bacia do Rio Paraná, no mesmo estado, onde a espécie sofre com a intensa e constante captura ilegal de filhotes; cerca de 85% dos ninhos monitorados pelo Projeto na região tiveram filhotes capturados. Nessa área, as ações se concentram na avaliação do impacto do tráfico sobre as populações naturais e a mobilização das comunidades locais.

 

Após mais de 20 anos como o principal financiador nacional do Projeto, o Parque das Aves tornou-se em 2018 o coordenador executivo do Projeto Papagaio-verdadeiro, com a contratação da Dra. Glaucia Seixas dentro do seu quadro de colaboradores. Tal condição facilita também os demais apoios já antes oferecidos a equipe de campo, como a aquisição de equipamentos, assessoria em comunicação nas redes sociais, e o suporte para recursos humanos em atividades in situ. Ao se tornar um projeto de casa, expandem-se ainda as possibilidades de apoio financeiro internacional recebido da comunidade de zoológicos.

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional

 

Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por  

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

.

Desenvolvido por