REVISÃO DA LISTA VERMELHA
DE ESPÉCIES DE AVES
AMEAÇADAS DO PARANÁ

A lista vermelha tem a função de identificar espécies que estão em risco de extinção e avaliar seu nível de ameaça, com o objetivo de promover a proteção oficial e legislativa para as espécies identificadas como ameaçadas. Para ser eficiente, a lista deveria ser atualizada a cada 5 anos, pois a situação de qualquer espécie muda ao longo do tempo. Ao destacar as espécies que mais precisam de proteção, a lista permite um ranqueamento conforme o grau de risco de extinção, permitindo que as políticas públicas sejam mais efetivas na conservação das espécies que realmente precisam. A existência deste documento nos lembra que extinção é para sempre e precisamos tomar uma atitude para que essas espécies continuem a compartilhar a Mata Atlântica conosco.

REVISÃO DA LISTA VERMELHA DE ESPÉCIES DE AVES AMEAÇADAS DO PARANÁ.

A lista vermelha tem a função de identificar espécies que estão em risco de extinção e avaliar seu nível de ameaça, com o objetivo de promover a proteção oficial e legislativa para as espécies identificadas como ameaçadas. Para ser eficiente, a lista deveria ser atualizada a cada 5 anos, pois a situação de qualquer espécie muda ao longo do tempo.

A primeira lista de fauna ameaçada de extinção no Paraná foi publicada em 1995, com revisão em 2004. E como ela direciona os esforços para as espécies em maior risco de desaparecimento em território estadual, reconhecemos a necessidade de sua atualização. Outros esforços incluem a orientação para a execução de programas de recuperação das aves que estão ameaçadas, além de impactar propostas de implantação de unidades de conservação, programas de mitigação de impactos ambientais e programas de pesquisa, sendo ainda um elemento de referência na aplicação da Lei de Crimes Ambientais.

Assim, o Parque das Aves custeou e organizou a revisão da Lista de Espécies de Aves Ameaçadas do Paraná através de uma parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente – SEMA e o Instituto Ambiental do Paraná – IAP, para publicação em 2018.

O Decreto 11.797, publicado em 22 de novembro de 2018, reconhece e atualiza a Lista de Espécies de Aves pertencentes à Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção no Estado do Paraná e dá outras providências, atendendo o Decreto nº 3.148, de 2004.

Dentre as 762 espécies avaliadas, segundo critérios e categorias da UICN, considerando informações atualizadas e a análise de um expressivo corpo de especialistas, foram identificadas 118 espécies ameaçadas de extinção no Paraná. Desse total, 11 (9,3%) foram consideradas Extintas na Natureza no estado, 19 (16,1%) encontram-se Criticamente em Perigo, 37 (31,3%) estão Em Perigo e, por fim, 51 (43,2%) espécies são tratadas como Vulneráveis. Bem próximas dessa condição estão 35 espécies, aqui categorizadas como Quase Ameaçadas.

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional

 

Fone +55 45 3529-8282

Desenvolvido por  

 

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

Desenvolvido por  

Av. das Cataratas, 12450
Foz do Iguaçu - PR
ao lado do Parque Nacional
Fone +55 45 3529-8282

Desenvolvido por