A- A+

Psitacídeos Ameaçados


A família Psittacidae é formada por araras, papagaios e periquitos; sendo um dos grupos de aves mais ameaçados do mundo: das 370 espécies, 26% estão ameaçadas, ou seja, de cada 4 espécies, 1 está em perigo. No Brasil, são encontradas 85 espécies; 16 delas na Lista de Fauna Ameaçada. Por isso, aqui no Parque nós dedicamos atenção especial aos psitacídeos: abrigamos 37 espécies da família, sendo que 7 estão ameaçadas. A maioria das aves que recebemos foram confiscadas de traficantes ou por maus tratos, além de aves vindas de Centros de Reabilitação e Triagem sem condições de mantê-las e, também, as que são encontradas machucadas na natureza. Assim como oferecemos abrigo e recuperação às aves, também participamos de projetos de conservação, realizamos estudos sobre estas espécies e mantemos uma população de segurança para contribuir com projetos de soltura na natureza.

RECUPERAÇÃO E QUALIDADE DE VIDA

Uma nutrição saudável é um dos principais fatores para que nossas aves tenham uma boa qualidade de vida, por isso, oferecemos alimentos orgânicos para uma alimentação balanceada, complementando-a com alimentos que a ave encontraria em sua região de origem. Um exemplo são nossas ararajubas, que se alimentam de coquinhos de açaí na natureza; nós tentamos recriar essa dieta no Parque suplementando suas refeições com papinha feita da polpa de açaí.

Mas nossos cuidados não se limitam à alimentação. Estimulamos as aves a expressar seu comportamento natural, através do Enriquecimento Ambiental e a interagir com indivíduos da mesma espécie. Desta forma evitamos que os psitacídeos apresentem comportamentos anormais e sinais de estresse.

CONSERVAÇÃO DE PSITACÍDEOS

Contamos com uma equipe com muita experiência e conhecimento sobre psitacídeos em vida livre e em cativeiro e, com base em sua pesquisa, observamos as peculiariedades de cada espécie para oferecermos tudo o que for necessário para seu sucesso reprodutivo. Para citar alguns exemplos: 23 filhotes de ararajuba nasceram em 9 anos; 11 de papagaio-da-cara-roxa e 5 de papagaio-de-peito-roxo em 5 anos; e 13 filhotes de arara-azul em 10 anos. Todas estas espécies estão ameaçadas.

Nossos estudos comportamentais e reprodutivos geram conhecimento para melhorar a qualidade de vida dos psitacídeos pelo mundo afora. Estes resultados são passados para outras instituições, para que aumentemos o sucesso reprodutivo das espécies e que possam integrar programas de conservação, assim como proporcionar um aumento no bem-estar e na expectativa de vida destas aves.

Compartilhe
Informações
Todos os dias, das 8h30 às 17h
Consulte nossos preços.
Onde estamos
Foz do Iguaçu - PR
Fone +55 45 3529-8282